A parte mais díficil

Posted quarta-feira, 28 de julho de 2010 by Aleinad

É o nosso psicológico, sem dúvida!

Mas porque razão é que há dias em que acordo a sentir-me magra, fantástica, bonita, confiante e capaz de tudo... e há outros dias (como hoje) que acordo a sentir-me uma baleia, a achar que nenhuma roupa me fica bem, já a sentir que a roupa está apertada... quando na verdade o peso é o mesmo??
Bem, não entendo a nossa mente... isto dá cabo de nós... e ás vezes acho que devia levar as coisas ainda com mais calma... não quero ser uma daquelas obcecadas por quilos mas também não vou ser uma desleixada e voltar a comer o que não devia.

Cheguei a uma conclusão: acho que não sei ser magra! Sinto que por muitos quilos que eu perca, nunca me irei ver como uma pessoa magra ou uma pessoa com um peso normal. E digo isto por experiência, porque já tive 54 kgs e mesmo assim eu acreditava que estava gorda! Lá está... o nosso psicológico é f*****!!

Espero amanhã acordar na fase de me sentir bem comigo própria e deixe estes maus pensamentos de lado..
Mas será normal este tipo de sentimentos???

12 comentários:

  1. Erase Pounds

    falo por experiência própria que quando em 2005 me deixei engordar até aos 78 não via que estava mesmo gorda. Sentia-me normal, não dava importância nenhuma. Agora peso 65 e tenho dia que me sinto fantástica e confiante e outros (tipo quando vejo fotografias, etc) em que me sinto uma baleia, cheia de gordura por todo o lado! A mente pode levar-nos a ter uma percepção errada da realidade, só nos cabe a nós dar a volta. Eu vou ter que só me pesar 1 x por semana, para não enlouquecer agora nas férias! Beijinhos e aposto que estás linda por fora, tanto como és por dentro! Ganha Juízo (como me diz a minha mãe quando começo a falar muito das dietas e do estou gorda...)

  1. Vida de Gorda

    Acho que sim. Se somos gordas tamos habituadas a ser gordas. No nosso caso ser magras requer esforço por isso ainda se torna mais dificil nos habituarmos a agir como magras. Acho que um dia havemos de ser magras (de cabeça)

  1. Só comigo

    Como te compreendo. Há uns 4 anos andei na médica onde ando agora e tinha 57 kg. Não perdia peso, pudera. E eu achava-me gorda, agora, depois de ter atingido os 72, anseio por voltar a ter...pasme-se, 57 kg. Há coisas lixadas!

  1. boneca de porcelana

    Daniela que saudades de te visitar!!Ontem tinhas aqui um post de caipirinha com vodka preta, mas deves ter apagado!! Eu também adoro essa bebida ;) Nunca me satisfaço com apenas uma hehehhe

    Quanto aos teus sentimentos opostos quando acordas, eu tb tenho dias bons e outros maus... Mas tudo se resume ao que eu como :( Mas é cm tu dizes, a parte mis difícil é mesmo a psicológica e aceitarmos que podemos ser magras e agir como tal!

    ***

  1. O meu estranho planeta...

    Se não for normal por vezes ter estes sentimentos, então eu entro nesta 'anormalidade' contigo..... Amanhã é outro dia e melhores pensamentos virão =) Keep Going.... Tens feito um trabalho fantástico!

  1. Future Smiley

    Olá, pelo que já tenho lido é perfeitamente normal esse pensamento. Durante algum tempo o teu cérebro processava que eras uma pessoa gorda. Actualmente e apesar de já não o seres o cérebro ainda não terá processado essa informação. Com o tempo ela chega :)

  1. LGG

    Verdade, verdadinha... a nossa mente é mesmo lixada. E sem a ajuda dessa é tão difícil sentirmo-nos bem. Havemos de conseguir. Cabeça para cima que hoje é um novo dia (e nada de ser dia em que te sintas gorda!

    Bjocas

  1. Lilith

    quem luta contra a comida tem momentos em que a mente é a mente é a maior inimiga: podemos estar gordas e ver-nos magras, podemos estar magras e ver-nos gordas...é uma desgraça! o melhor é não nos limitarmos a fazer dieta mas também irmos construindo um imagem de amor-próprio que nos ajude a ser objectivas e com uma boa noção da realidade: ter em conta o número que vestimos, ter em conta os elogios que recebemos ou as críticas que nos fazem, ver-nos bem ao espelho todos os dias e pensar se temos muito ou pouco para "corrigir"!

    força, querida :) beijos

  1. Danny

    Ola linda
    Isso que vc está sentindo acontece com todas nós.
    Vale tbm observar se vc ñ está tendo retenção de liquido e se sentindo inchada, ou é apenas psicológico.
    Tudo é uma questão de trabalhar nossa mente.
    Tenta fazer um antes e depois com suas fts, quem sabe assim te ajuda a fixa em sua mente o quanto está indo bem nessa caminhada...
    Lembre-se que nessa área do nosso psicologico só nós mesmas podemos fazer algo.
    Sinta-se bem com vc mesma e mande esse pensamento p bem longe de vc viu.
    Desejo uma ótima quinta.
    Força na peruca amiga.beijocas

  1. Bolinha

    Isso acontece comigo, desde que começei a fazer dieta. Há dias que me sinto maravilhosa, linda , fantástica e outros que me sinto a maior gorda de sempre. Eu começei a engordar na pré adolescência, logo não tenho sequer uma imagem de mim enquanto adulta magra. :(

  1. Ana Mateus

    Concordo inteiramente contigo!
    E ir ás compras? Para mim é horrivel, não gosto de me ver com nada, nada me acenta bem, não existem números! Ainda na semana passada tive um ataque, a sorte é que o menino da Salsa do Colombo era fenomenal. Ora o nr a baixo do meu estava largo e o imediatamente abaixo tão apertado que não me mexia! O menino for incrível, olhou para mim sorriu, e disse-me: A menina (amei) está a fazer dieta, nota-se, já baixou 2 números, agora volte cá daqui a 15 dias e garanto-lhe que lhe vendo essas calças!

    Foi um fofo!

    Enfim, nunca vou ser magra de cabeça, nem sei se o serei no corpo, mas uma coisa é certa, cada dia que passa me adoro um bocadinho mais!

  1. Maria

    Olá! Eu sinto a mesma coisa. Às vezes sinto-me óptima a seguir a um gelado e um monstro obeso depois duma folhita de alface. Que mente manhosa nós temos. É mesmo difícil controlá-la. Estás a ir maravilhosamente. Concentra-te no que já conseguiste. Tira uma foto linda tua e tem-na à mão para os momentos de desânimo. A comparação com o teu maior peso pode ser um estímulo. Bj

Enviar um comentário

Comenta... diz qualquer coisa :)